No mês de Janeiro de 2016 a companhia Petrobras produziu um total de 1,266 milhão de metros cúbicos de diesel S-10.

 

diesel-s500A Petrobras produziu um total de 1,266 milhão de metros cúbicos (m³) no mês isso representou um aumento de 53 mil m³ comparando com o recorde mensal anterior que foi de 1,213 milhão de m³ no mês de setembro de 2015.

No mês de  janeiro, foi atingido também o recorde mensal de processamento nas unidades de hidrotratamento (HDT) e coqueamento retardado (UCR) da Petrobras no Brasil. A carga média processada de hidrotratamento de diesel e querosene de aviação (QAV) foi de 113 mil metros cúbicos por dia, isso representou um aumento de 1,6 mil m³/dia comparando com o recorde mensal anterior que foi de 111,4 mil m³/dia, atingido no mês de setembro de 2015.

O hidrotratamento é um processo que remove enxofre da corrente que está sendo tratada seja ela gasolina, diesel ou querosene de aviação (QAV), usando hidrogênio e um catalisador à temperatura e pressão elevadas.

Nas UCRs (Unidades de Coqueamento Retardado), a carga média processada em janeiro foi de 47,84 mil m³/dia, com isso representou um aumento de 350 metros cúbicos diários comparando ao recorde mensal anterior que foi de 47,49 mil m³/dia, atingido em setembro de 2015.

As Unidades de Coqueamento Retardado são unidades de processamento que transformam resíduos pesados do refino, correntes de baixo valor agregado, em outros produtos de maior valor. Em torno de 70% da carga processada nessas unidades é convertida em diesel, nafta e GLP (gás de cozinha); e 30% em coque de petróleo, de valor comercial maior que o resíduo de origem.

Leave a reply

required