Petrobras bate recorde mensal de produção de diesel S-10

No mês de Janeiro de 2016 a companhia Petrobras produziu um total de 1,266 milhão de metros cúbicos de diesel S-10.

 

diesel-s500A Petrobras produziu um total de 1,266 milhão de metros cúbicos (m³) no mês isso representou um aumento de 53 mil m³ comparando com o recorde mensal anterior que foi de 1,213 milhão de m³ no mês de setembro de 2015.

No mês de  janeiro, foi atingido também o recorde mensal de processamento nas unidades de hidrotratamento (HDT) e coqueamento retardado (UCR) da Petrobras no Brasil. A carga média processada de hidrotratamento de diesel e querosene de aviação (QAV) foi de 113 mil metros cúbicos por dia, isso representou um aumento de 1,6 mil m³/dia comparando com o recorde mensal anterior que foi de 111,4 mil m³/dia, atingido no mês de setembro de 2015.

O hidrotratamento é um processo que remove enxofre da corrente que está sendo tratada seja ela gasolina, diesel ou querosene de aviação (QAV), usando hidrogênio e um catalisador à temperatura e pressão elevadas.

Nas UCRs (Unidades de Coqueamento Retardado), a carga média processada em janeiro foi de 47,84 mil m³/dia, com isso representou um aumento de 350 metros cúbicos diários comparando ao recorde mensal anterior que foi de 47,49 mil m³/dia, atingido em setembro de 2015.

As Unidades de Coqueamento Retardado são unidades de processamento que transformam resíduos pesados do refino, correntes de baixo valor agregado, em outros produtos de maior valor. Em torno de 70% da carga processada nessas unidades é convertida em diesel, nafta e GLP (gás de cozinha); e 30% em coque de petróleo, de valor comercial maior que o resíduo de origem.

Governo aprovou o aumento da quantidade de Biodiesel no Diesel tradicional.

aumento-da-mistura-biodiesel-A Câmara dos Deputados aprovou em Brasilia no começo deste mês o aumento do percentual de Biodiesel no Diesel tradicional. A mistura aumentou de 7% para 10 por cento, e apesar de parecer pouca diferença, o aumento da quantidade de Biodiesel pode trazer alguns problemas para os motoristas de caminhonetes, caminhões e outros veículos que utilizam o combustível, já que o biodoesel possui uma tendência a se deteriorar com o passar do tempo, ou seja, veículos que fiquem parados por muito tempo podem ter suas bombas injetoras e outras partes do sistema de injeção de combustível entupidos. Caso você tenha que deixar o seu veículo diesel parado por muitos dias fique atento as suas reaçõe quando for reutilizá-lo e se tiver problemas consulte os nossos técnicos que estarão pronto para ajudá-lo. A Contorno EletroDiesel está em Cariacica, na BR 101 (rodovia do contorno), KM 291 –  Telefone (27) 3336-1568.

Brasil pode ter carros de passeio movidos a diesel

Com decreto aprovado, Brasil poderá ter carros de passeio movidos a diesel.

carros a diesel

Você consumidor, gostaria de ter um carro movido a diesel? Hoje em dia, a legislação brasileira permite o uso desse combustível apenas para veículos de grande porte, transporte coletivo e alguns carros cuja tração seja 4×4 e capacidade de carga superior a 1 tonelada. O Projeto de Decreto Legislativo 84/2015, realizado pelo senador Benedito de Lira do Partido Progressista de Alagoas, pretende expandir essa visão, estendendo a possibilidade de uso do diesel em veículos de passeio.

Inicialmente essa vantagem seria o preço do combustível nos postos. O valor médio do litro da gasolina em Belo Horizonte é de R$ 3,63. Preço um pouco mais elevado que o diesel, que sai a R$ 3,00 segundo a pesquisa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na Europa, é comum carros de passeio serem movidos a diesel.

Contudo, segundo especialistas vale lembrar que mesmo este decreto sendo aprovado, colocar esta proposta em prática não é tão simples assim, porque envolve a superação de uma série de dificuldades, entre elas, a necessidade de se criar toda uma infraestrutura para a distribuição e venda do combustível. O consultor da ADK Automotive Bussiness, Paulo Garbossa faz uma observação “Vale lembrar que não é em todos os postos que o consumidor encontra o diesel”, porém acreditamos que esse seria um problema apenas inicial, mas de fácil superação.